Jim Rohn meu networker e Osho

Você conhece Jim Rohn?

Eu não, mas gostaria muito de conhecer. Ele é o autor de uma frase muito utilizada no mundo do desenvolvimento pessoal.

“Você é a média das cinco pessoas com quem passa mais tempo”.

Serei breve, é bem simples de entender. Quando estou em companhia de pessoas positivas, posso sentir a vibração, é tudo mais leve, simples e alegre.

Num passado, não muito distante, quando estava em companhia de pessoas negativas, também sentia a vibração, mas era tudo mais pesado, tudo com mais obstáculo, com mais inimigos, comentários maldosos e invejosos.

Confesso que muitas vezes eu participava e contribuía. E algumas vezes me arrependia de ter dito algo.

O que mais começou a me incomodar então, foi esse arrependimento.

“Estou arrependido de algo bom ou algo ruim? Algo ruim.

“O arrependimento está sendo algo bom ou algo ruim? Algo ruim.

“Estou me retroalimentando de algo bom ou algo ruim? Algo ruim.

“O que vai acabar acontecendo comigo então? algo bom ou algo ruim? Algo bom.

“Bom?”

“É…, bom. Porque agora decidi romper esse ciclo vicioso. E entrar num ciclo consciencioso.”

(Esse foi o diálogo que tive comigo mesmo).

Comecei a me afastar de conversas assim, e quando é impossível o afastamento, não abro a boca. Fico observando até encontrar uma brecha pra tirar o assunto do modo negativo e levar para o positivo.

Coloquei isso como uma missão pra mim. Encontrar uma brecha e agir… só não posso garantir o tempo em que o assunto retomará o foco inicial…

Mas mudar o foco da conversa já estava me parecendo muito pouco.

Desejava muito uma nova amizade…

Foi então que decidi virar amigo do Osho. Você conhece Osho?

Decidi passar mais tempo com ele. Ele tem até Instagram e Facebook.

E agora estou lendo seus ensinamentos todos os dias, relendo, relendo e relendo, até que eu comece a ser fortemente influenciado por ele, até eu entender sua forma de pensar e conseguir começar a pensar, pelo menos em algumas situações, como ele pensa ou pensaria.

Assim serei uma pessoa melhor a cada dia. E se eu falhar… peço desculpas.

 

 

 

 

2 thoughts on “Jim Rohn meu networker e Osho

  1. Legal, me empolguei para conhecer melhor o Osho também! Entendo o que você diz “mudar o foco da conversa parecia pouco”, acredito que quanto mais amadurecemos mais queremos viver “invisíveis”.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s